Domingo, 20 de Junho de 2021

Mulher vai até delegacia de Parauapebas denunciar sumiço de irmão e descobre que ele morreu em acidente




COMPARTILHE

O cidadão Reginaldo de Andrade Silva, de 40 anos, morreu em um acidente de trânsito na madrugada de sábado (3), em Parauapebas, sudeste do estado. Ele estava de moto. Possivelmente, colidiu com outro veículo, na rodovia municipal Faruk Salmen bairro Nova Vitória. Na colisão foi arremessado para longe da moto e bateu a cabeça violentamente.

Estava sem capacete e morreu na hora, sem chance de socorro. A identidade dele foi confirmada pelo crachá da empresa onde trabalhava, que estava no bolso dele. Porém, a família só soube da tragédia horas mais tarde.

A vítima do acidente fatal trabalhava como operador de máquinas pesadas, em uma empresa de obras diversas. Como não havia dormido em casa, a esposa de Reginaldo começou a perguntar para familiares dele. Uma das irmãs do operário resolveu ir procurar por ele na Delegacia de Parauapebas. Estava preocupada de ele ter sido preso ou algo parecido, mas não imaginava que ele tivesse morrido.

Foi então que o boletim de ocorrência, com o registro da morte dele, foi encontrado. A família então reconheceu o corpo no Instituto Médico Legal (IML).Há duas hipóteses para o que ocorreu: uma colisão com outro veículo — não havia nenhum por perto — e a perda de controle da moto por motivos diversos.

O corpo passou por exame toxicológico para saber se Reginaldo estava sob efeito de álcool ou outras drogas ilícitas. Uma investigação foi aberta pela Polícia Civil para chegar à real causa da morte e elucidar totalmente o caso. Há câmeras no entorno do local do acidente fatal e que foram solicitadas para análise.


Autor:Redação AMZ Noticias


COMENTÁRIOS:
O AMZ Noticias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - AMZ NOTÍCIAS Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Amz Notícias