Quarta-Feira, 01 de Dezembro de 2021

Ações policiais em Confresa recuperam celular e betoneira furtados e prendem acusados




COMPARTILHE

A Polícia Civil de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá) por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município, realizou duas ações e  recuperou objetos que haviam sido furtados, além de efetuar a prisão dos envolvidos nas ações.

Na primeria ação eles recuperaram um aparelho celular furtado na cidade. Um suspeito de 20 anos foi preso em flagrante por receptação, o furto conforme boletim de ocorrência, havia ocorrido no dia 12 de janeiro, ocasião em que o telefone celular foi subtraído de dentro de um veículo, parado no estacionamento de uma churrascaria.

Conforme a vítima que é moradora de Santa Cruz do Xingu, a mesma estava em Confresa e logo após o furto, procurou a Delegacia de Roubos e Furtos (Derf) da cidade para comunicar o crime. Com base nas informações, os investigadores localizaram o irmão do jovem que também foi levado para Derf-Confresa.

Na delegacia o acusado acabou assumindo a autoria do furto, bem como confirmou a venda do celular para o seu irmão. Diante dos fatos, o suspeito de 20 anos foi autuado em flagrante por receptação. Já o seu irmão responderá pelo crime de furto praticado.

BETONEIRA ROUBADA – No segundo caso a PJC prendeu nesta quarta-feira (20.01) o suspeito pelo crime de receptação de uma betoneira, equipamento utilizado em construção civil e furtado no dia anterior, no município.

A Derf foi comunicada sobre o furto e a equipe de investigadores iniciou diligências para localizar o equipamento e identificar o autor do crime. Os policiais receberam a informação de que o equipamento furtado estava sendo utilizado em uma obra em Confresa e constataram no local que se tratava da betoneira furtada de outra obra, na noite anterior.

O suspeito alegou aos policiais que teria alugado o equipamento de um desconhecido e negou ter conhecimento da origem ilícita. Contudo, ele não soube informar quem é a pessoa de quem supostamente alugou o equipamento. Diante dessas informações, o suspeito foi autuado em flagrante na Derf pelo crime de receptação, cuja pena pode chegar a quatro anos de reclusão.

O delegado da Derf-Confresa, Bruno Gomes, alerta o cidadão sobre os devidos cuidados na aquisição de objetos por preços destoantes e sem procedência idônea e que a população deve ter cautela na aquisição ou locação de materiais diversos, inclusive os utilizados na construção civil.


Autor:AMZ Noticias com Assessoria


COMENTÁRIOS:
O AMZ Noticias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - AMZ NOTÍCIAS Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Amz Notícias