Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021

Leilões de bens apreendidos do tráfico renderam R$ 8 milhões a Mato Grosso em 2020




COMPARTILHE

Em 12 leilões de bens provenientes do tráfico de drogas e lavagem e dinheiro, realizados no ano de 2020, o Estado de Mato Grosso arrecadou quase R$ 8 milhões, neste ano. Os valores são os maioores dos últimos 6 anos. No período de janeiro a dezembro foram leiloados veículos, gado, imóveis e implementos agrícolas.

Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), por meio da Adjunta de Justiça (Saju), responsável por coordenar as ações que resultam em leilões de bens. Ao todo, 143 veículos foram leiloados. Em sua maioria, são veículos utilizados no tráfico de drogas.

A secretária da Saju, Lenice Silva, explicou que todos os bens dispostos para arremate por meio do leilão atendem a decisão judicial. “É notório o aumento de edições que realizamos este ano. Este trabalho tem a ver com a política de governo do Estado e do secretário de Segurança Pública. A nossa meta é ampliar ainda mais a realização de leilões”, enfatizou.

Somente com os bens provenientes do tráfico de drogas foram arrecadados R$ 3.442.180,00 milhões. Já em relação aos bens do crime organizado foram R$ 4.335.550,00 milhões. Boa parte dos bens é denominado com perdimento para a União, que são de ações judiciais já transitado em julgado (encerrado).

A maior arrecadação foi na venda dos veículos, que totalizou pouco mais de R$2,9 milhões, seguido de bovino, que arrecadou mais de R$ 2,7 milhões. Outras valores foram da venda de imóveis, R$ 480 mil e implementos agrícolas, com pouco mais de R$ 359 mil.

Dos bens leiloados do tráfico de drogas parte dos recursos vai retornar para os cofres do estado para serem revertidos em ações de repressão a estes tipos de crime. “Ainda não nos foi informado qual a porcentagem que iremos receber, mas este recurso deve estar em conta no primeiro semestre de 2021”, enfatizou.

DISPONIBILIDADE -  Atualmente, 475 veículos estão no pátio da Saju e aguardam autorização para leilão. Destes, 80 unidades foram recebidas em 2020. Neste ano, a maior parte dos leilões foram realizados na modalidade virtual devido as medidas de prevenção da covid-19. Todos os bens eram listados com a especificação no site oficial com data de início e fim dos lances. Os interessados podiam agendar as visitas para verificar cada item disponível. 


Autor:Redação AMZ Noticias


COMENTÁRIOS:
O AMZ Noticias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - AMZ NOTÍCIAS Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Amz Notícias