Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021

Governo do Tocantins lança edital para realização de concurso público da Polícia Militar




COMPARTILHE

O Governador do Tocantins, Mauro Carlesse, lançou nesta quinta-feira, 24, o edital do concurso da Polícia Militar. São ofertadas 1.000 vagasEsequias Araújo/Governo do Tocantins

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, anunciou na tarde desta quarta-feira, 23, o edital do concurso da Polícia Militar do Tocantins (PMTO). São ofertadas 1.000 vagas para praças, sendo 950 vagas para o quadro operacional QPPM, 25 vagas para o quadro de músicos (QPE-Músicos); e 25 vagas para o quadro da saúde (QPS) distribuídas em 20 para técnico em enfermagem e cinco para técnico em Saúde Bucal.

Mauro Carlesse destacou a importância da realização do concurso para a sociedade tocantinense e pontuou que isso é um dos frutos do ajuste fiscal implementado pelo Governo do Tocantins.

"É uma felicidade muito grande, estamos próximo ao Natal, ao término de 2020 e ao início do ano de 2021. Com muita honra e muita alegria, venho hoje [quarta-feira, 23] comunicar, para toda a sociedade, que estamos lançando o edital do concurso público da Polícia Militar, que tanto o povo está esperando!.

Ele  ressaltou ainda “É uma alegria muito grande, mesmo com a pandemia e toda essa situação, termos recursos para fazer esse concurso público. Tudo isso foi possível graças ao ajuste fiscal e ao enquadramento do Estado no limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal, assim poderemos realizar o concurso público que tanto a nossa sociedade necessita, para termos esses policiais atuando em nossas cidades".

O concurso público vem atender à demanda de reposição de efetivo da Polícia Militar após a anulação do concurso realizado em 2018, além de atender às novas demandas surgidas devido à pandemia da Covid-19. O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira, 23, e já esta disponibilizado no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) a partir do dia 24 de dezembro.

INSCRIÇÃO -  A inscrição no concurso para soldado tem como pré-requisito o ensino médio completo, idade mínima de 18 anos no ato da inclusão na corporação e idade máxima de 32 anos no ato da inscrição no concurso. As inscrições serão abertas no dia 4 de janeiro de 2021 às 10 horas; encerrando às 18 horas do dia 23 de janeiro de 2021. O valor da inscrição é de R$ 80,00.

Para concorrer às vagas destinadas ao quadro da saúde, os candidatos devem, além dos requisitos gerais, possuir os cursos de Técnico em Enfermagem ou Técnico em Saúde Bucal. Já para o quadro de músicos, não há necessidade de ser portador de certificado de cursos na área, porém o candidato será submetido a uma prova prática instrumental como etapa do certame.

Os candidatos aprovados no concurso ingressarão na Polícia Militar para realização dos cursos de formação de praças na graduação de Aluno-Soldado. E, ao término do curso, receberão a graduação de Soldado 2ª Classe, nova graduação criada recentemente pela Lei n° 3.731, de 16 de dezembro de 2020. Os salários iniciais, após os cursos de formação, são de R$ 3.330,99 devendo o militar ficar no mínimo 36 meses na graduação.

Para o chefe do Estado-Maior da Polícia Militar e presidente da Comissão de Organização do Concurso, coronel Márcio Antônio Barbosa, o atual concurso tem sido conduzido com muita dedicação por parte de todos os envolvidos, para que possa ocorrer com a maior celeridade, mas com a segurança necessária para que não ocorram entraves no processo.

“A escolha do Cebraspe como a banca organizadora do certame já é uma prova do quanto o Governo do Tocantins e a Polícia Militar estão atentos às necessidades de um concurso que traga respaldo e confiança a todos os participantes”, destacou o coronel Márcio Antônio Barbosa.

Para o comandante-geral da corporação, coronel Jaizon Veras Barbosa, o concurso vem atender os anseios de toda tropa e da sociedade. “Temos um efetivo que naturalmente tem sido reduzido no decorrer dos anos, devido à conclusão do tempo de serviço dos policiais que ingressaram no início dos anos 90. O esforço empreendido pelo Governo do Tocantins, em prover a Polícia Militar com os recursos necessários para a realização desse certame, é uma prova de responsabilidade com toda sociedade e do cuidado que a Polícia Militar tem recebido em todo esse tempo”, completou coronel Jaizon Veras Barbosa.


Autor:AMZ Noticias com Luana Barros


COMENTÁRIOS:
O AMZ Noticias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - AMZ NOTÍCIAS Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Amz Notícias